O Creative Market é um site dedicado à comercialização de fontes, gráficos em geral, temas para blogger e wordpress e outros utilitários produzidos por designers, programadores e criadores do mundo todo e que tende a facilitar muito a vida de quem trabalha com web, blog e design.

O grande mote de sites como esse é que enquanto você consome algo que lhe será útil, você está fomentando o trabalho de alguém que vive disso e, o mais importante, utilizando recursos com a devida autorização, de acordo com as especificações de direitos autorais do que está sendo adquirido.

De quebra, o Creative Market ainda reúne postagens relevantes em um blog interno que podem ajudar muito no quesito conhecimento, organização e identificação de tendências e dos melhores recursos disponíveis por lá. Outro detalhe é que o mercado criativo online ainda pode ser fonte de inspiração para os trabalhos que precisarem ser executados.

Além dos produtos disponíveis para compra, o site faz uma rotação semanal em uma área que chama de Free Goods. São seis itens escolhidos pela equipe administrativa para download gratuito durante sete dias e, olha, muita, mas muita coisa boa é disponibilizada. Como eu sou cadastrada, semanalmente eles me encaminham uma newsletter apresentando esses freebies da semana, que geralmente envolvem fontes, recursos gráficos e temas WordPress.

Vale a pena investir em recursos que eu poderia encontrar gratuitamente pela internet? Sim. Para quem busca profissionalizar o que faz, investir no trabalho de outros criativos é um bom passo inicial. Isso porque, quando se adquire produtos como os do Creative Market adquirimos também as licenças de uso, que podem ser para uso pessoal ou para ações sem fins lucrativos, ou ainda própria para uso comercial, o que significa que você poderá repassar os recursos para outras pessoas através de seu trabalho.

Mas, assim como todo processo de compra, é necessário pesquisar bem os produtos e avaliar a viabilidade dos preços cobrados, principalmente para nós que trabalhamos com a moeda Real, já que todo o Creative Market utiliza o Dólar como moeda principal e na hora de colocar na ponta do lápis a conversão pode sair mais cara do que se imagina.

Crédito da imagem destacada: Gerren Lansom
Categorias:Dicas Web

Um comentário

Toma lá, dá cá: O que o Creative Market pode nos oferecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *