Inspiracional

Você produz em um ambiente criativo?

ambiente criativo

O ambiente onde você desenvolve suas rotinas produtivas consegue te manter inspirado e à vontade? Espero que sim, mas se a sua resposta foi não, está na hora de promover algumas mudanças para alcançar um ambiente criativo.

Quando a gente precisa produzir algo, seja criando conteúdo, desenvolvendo um site, produzindo um vídeo, planejando as etapas de um negócio ou atendendo à demandas diversas do mundo profissional, o local onde executamos tais tarefas deve ter o mínimo de conforto e personalidade para que os processos funcionem.

Mas o que é que eu tô querendo dizer?

Quero dizer que quando a gente se insere em um ambiente com referências do que gostamos, organizado de acordo com a nossa personalidade e bem cuidado, tudo o que fazemos nele tende a fluir, a se desenvolver com mais facilidade, estimulando a criatividade e melhorando a produtividade.

Para você entender que não é balela, muitos estudiosos avaliaram as condições para estímulo à criatividade. Entre eles estiveram Faria e Alencar que, em obra de 1996 (faz tempo, mas permanece atual) enfatizaram que para a criatividade se desenvolver seria necessário obter condições adequadas em todos os âmbitos, incluindo o espaço físico.

Os autores constataram que o espaço físico, destinado para o exercício da função, como iluminação, mobiliário, acústica e temperatura adequada influenciam na criatividade.

E dá para criar esse ambiente criativo, com foco nas condições físicas, em duas situações distintas: a primeira, no ambiente de trabalho externo, no escritório da firma; e a segunda em casa, no seu home office ou ateliê.

Ambiente criativo no trabalho

“Ah, mas eu trabalho em um escritório externo o dia inteiro e não tenho muita liberdade”

Se esse é seu caso, e a empresa não estiver adotando processos 5S, que geralmente limita muito a personalidade no ambiente de trabalho, você pode apostar em objetos específicos e úteis durante a sua rotina para quebrar a monotonia do lugar.

Em sua mesa, você pode colocar um bloco de notas diferente, colorido. Ou um porta-lápis mais a ver com você. Substituir o calendário institucional (que geralmente é entregue por parceiros como bancos, gráficas, etc.) por calendários personalizados, com mais cara de planner.

(Falando em planner, dá para aproveitar o disponibilizado pelo blog Não me Mande Flores, específico para 2017 e em versões anuais, mensais, semanais e diárias)

Dá até para colocar um vasinho de planta artificial ou simplesmente mudar a forma como você organiza seus documentos usando separadores e marcadores.

Também vale lembrar de manter o local sempre limpo e com algumas superfícies vazias onde você poderá executar tarefas de última hora, como a assinatura de documentos.

O que importa, mesmo, é que você consiga incluir sua personalidade de alguma forma para se sentir bem enquanto produz e aproveitar esse estímulo de bem-estar para ganhar mais criatividade.

Ambiente criativo em casa

Se sua rotina produtiva acontece em casa, a busca de um ambiente criativo se torna ainda mais fácil. É que em casa você tem o poder de decisão para definir o que vai e o que fica no seu home office ou ateliê, por exemplo.

O processo de personalização do ambiente produtivo em casa não precisa ser caro. Pelo contrário! Dá para jogar com o que você já tem, dar novos usos a objetos antigos ou adquirir objetos novos mais simples, como quadros, porta-trecos e itens de escritório.

Também é uma boa ideia revelar retratos de pessoas queridas, recortar uma página de revista que te inspira, criar e imprimir um pôster com uma frase que você gosta muito, estruturar um painel de referências para um projeto e até escolher o melhor tipo de cadeira para você passar grande parte do dia trabalhando.

Com essas mudanças simples, você acha que é possível criar um ambiente mais criativo?

Você também pode gostar

8 Comentários

  • Responder
    Stephanie Ferreira
    julho 26, 2017 at 8:45 pm

    Hoje em dia sim, e nossa faz um super diferença! Antes da reforma no meu quarto, ele era todo simples, sem decoração e isso me deixaria na bad pra trabalhar, agora com quadro de recados, fotos e quadrinhos decoração, só olhar pro lado que já me sinto produtiva (:

    • Responder
      Sams
      julho 27, 2017 at 1:15 pm

      Que ótimo, Stephanie! Dá outra vida, né?

  • Responder
    Larissa Zorzenone
    julho 27, 2017 at 6:47 pm

    Olá
    Bom, meu trabalho é com o blog, então é em cada. Moro em dois cômodos pequenos, então não sobra espaço para criar muita coisa. Eu tento sempre manter tudo organizado e, em meus cadernos e pastas, deixar várias folhas com inspirações. É o que me ajuda muito.

    Vidas em Preto e Branco

  • Responder
    Duane
    julho 28, 2017 at 12:25 am

    Acabei de achar seu blog no G+ e amei forte! Isso do ambiente afetar a criatividade é muito real. Aqui em casa eu ajeitei uma mesa bonitinha e coloquei um quadrinho motivacional. Parece que as ideias fluem melhor, fora que o cérebro recebe a mensagem de que ali é um local pra focar.
    Beijos!

    • Responder
      Sams
      julho 28, 2017 at 5:27 pm

      Eita, que coisa boa Duane! Obrigada por passar por aqui.

  • Responder
    Douglas
    julho 31, 2017 at 2:27 am

    Adorei!

    Estou há quase dois meses no estágio novo e felizmente, tenho a liberdade de tornar o meu espaço realmente meu, com a minha cara. Desde então venho procurando referências por aí pra criar um ambiente que me deixe motivado e com o sentimento de “meu lugar”.

    Faz toda a diferença.

    Beijos!

    • Responder
      Sams
      julho 31, 2017 at 2:32 pm

      A melhor coisa é trabalhar em um ambiente mais flexível como você descreveu, toda a rotina se torna melhor <3

  • Responder
    Decoração do home office » Blog Criativíssimo — Conteúdos leves e inspiradores
    agosto 1, 2017 at 4:10 pm

    […] E aí, esse é um post rapidinho para mostrar o resultado da invenção e destacar que a nova arrumação tem feito os jobs em casa fluírem melhor, já que consegui um espaço mais aconchegante para ajudar melhor com a criatividade, como contei no último post sobre ambientes criativos. […]

  • Responder

    shares